segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

O elevado feminino.

As curvas! O seu corpo é a forma
legítima da fêmea que carrega
no colo, o solo da terra cega
fertilizada sem pudor ou norma

mesquinha. O seu útero alega
ser mãe de Cosmos. seu leite entorna
em forma de chuva, a acqua morna
na cacimba que sangra. Ao mar chega

seu gozo, Deusa da fertilidade.
Eu, geograficamente falando
sobre os meus três anos de idade:

Senti saber imenso despertando
dentro de mim com a felicidade
de ver boceta já lhe adorando.